POR QUE O PREÇO DO BITCOIN OSCILA TANTO?

POR QUE O PREÇO DO BITCOIN OSCILA TANTO?

 

bitcoin

 

 

O preço do Bitcoin pode variar constantemente devido a uma série de fatores que colapsam para sua valorização ou desvalorização no mercado.

Isso vai desde aspectos como a sua estrutura, a sua recente chegada no mercado financeiro e até mesmo por movimentações de mercados ilíquidos.

Portanto, muitos investidores preocupados com a alta volatilidade dessa moeda, tem mantido um pé atrás na hora de aplicar seu capital neste tipo de investimento, priorizando suas economias em uma carteira diversificada.

Isso porque, a Bitcoin (BTC) é considerada uma ativo de alto risco; ou em outras palavras, um bem que não deve ser investido se você não pode se dar ao luxo de perdê-lo.

Tendo isso em conta, que tal descobrir um pouco mais sobre por que o preço do Bitcoin é tão volátil? Continue lendo!

 

Afinal, Você babe por que o Preço do Bitcoin Oscila Tanto?

Certamente, a volatilidade do Bitcoin não é mais novidade, afinal, esta é uma característica principal do mercado de criptos, e em especial às BTCs.

Por exemplo, em um dado momento do ano de 2015, o preço do Bitcoin valia em torno de US$ 200, dois anos depois – em 2017 –, a moeda aumentou cerca de até US$ 20 mil; sendo que em 2020, esse preço variou entre US$ 10 e US$ 12 mil dólares.

Segundo alguns especialistas, volatilidade se refere a variação de valor de um ativo em determinado período de tempo.

 

Sendo assim, uma criptomoeda altamente volátil como a BTC, pode sofrer grandes oscilações em seu preço, em questão de dias ou horas. Isso você pode averiguar em qualquer Blog sobre Bitcoin e criptomoedas existente ou vivenciando o mercado, mesmo que por pouco tempo.

 

A seguir, explicaremos sobre os fatores que interferem na cotação do preço do Bitcoin. Confira:

 

#1 – O Mercado de Criptomoedas Ainda é Pequeno

O Bitcoin ocupa grande parte do mercado de criptomoedas pelo mundo, uma vez que, somada toda a sua capitalização de mercado seu valor varia em torno de US$ 240 bilhões, contra o valor aproximado de US$ 400 bilhões deste mercado.

Em comparação a outras criptos, o BTC é minúsculo; por isso, este fator impacta diretamente no seu preço, uma vez que outras criptomoedas influenciam diretamente para a sua volatilidade.

 

#2 – Movimentações de Baleias

As baleias do mercado de criptomoedas, se referem aos grandes investidores, capazes de mover o mercado com simples negociações de compra e venda de criptoativos.

Indo por este caminho, as negociações de baleia são indicativos preliminares para que os investidores menores possam traçar uma nova estratégia dentro deste mercado.

Em resumo, estas movimentações têm peso direto sobre o preço do Bitcoin.

 

#3 – Liquidez

A liquidez é um termo que se refere à disponibilidade de câmbio ou negociações de um determinado ativo.

Em outras palavras, é um indicativo de que existem muitos investidores dispostos a venderem ou comprarem ativos dentro do mercado, isto é, dispostos a realizar futuras negociações.

Por outro lado, a baixa liquidez é um sinal de que os ativos oscilem ainda mais em conformidade com as negociações de uma baleia, por exemplo.

Sendo assim, o preço do Bitcoin varia, e todo o mercado deve-se adaptar para contrabalancear seus possíveis prejuízos.

 

#4 – Bifurcações (Forks)

Bifurcações se referem às inconsistências de determinados usuários ou desenvolvedores em relação a uma rede de criptomoedas, resultando na cisão de uma rede em duas.

Esses entraves influenciam diretamente na volatilidade destes ativos, uma vez que se cria um ambiente de incerteza sobre o futuro do projeto.

Portanto, assim como acontece com o preço do BTC, são realizadas estratégias para conter possíveis objeções diante das oscilações.

Exemplos de folks, são Bitcoin (BTC), Bitcoin Cash (BCH) e Bitcoin Satoshi Vision (BSV).

 

Conclusão

O mercado de criptomoedas tende a crescer à medida que novos investidores passam a integrar neste universo, regulamentações bem elaboradas são aplicadas, entre muitos outros fatores que trazem apoio para o ecossistema Bitcoin.

Deste modo, se espera que a volatilidade apresente uma queda gradual ao longo dos anos, de modo que seja mais fácil e seguro investir capital neste mercado. Bacana, não?

Portanto, agora que você já sabe porque o preço do BTC oscila tanto, que tal compartilhar esse artigo com seus amigos para que possam aprender também?

Deixe um comentário