Qual a diferença entre jejum e consagração

Qual a diferença entre jejum e consagração

Muitos irmãos possuem essa dúvida na mente, qual a diferença entre jejum e consagração. Portanto, é preciso explicar as diferenças e a importância dessas duas formas de adorar a Deus, assim, podemos ter uma comunhão mais forte com o criador. 

Você não sabe muito sobre jejum e consagração? Continue aqui lendo o texto até o fim e, certamente, você vai aprender e Deus vai te abençoar ricamente.

O que é Jejum?

Vamos começar a entender jejum é nada mais nada menos que, um substantivo masculino que na prática é:

  • Privação parcial ou total de alimentos, durante um certo tempo.
  • POR EXTENSÃO: estado de quem não come desde o dia anterior.

Existem vários motivos para uma pessoa jejuar, seja para fazer dietas e melhorar a saúde, em dias de exames médicos ou como oferta a Deus como a bíblia mostra desde o antigo testamento. 

O Jejum é uma forma de mostrar a Deus o arrependimento dos pecados, uma forma de mostrar que não temos muito a dar para Deus porque ele já deu tudo por nós. 

Resumindo, gratidão! O jejum não é uma troca de benefícios, por exemplo, algumas pessoas pensam que para conseguir carro, casa e outros bens precisam jejuar, mas isso é um engano pessoal. 

Certamente, o melhor objetivo do Jejum no cristianismo é a entrega espiritual e o fortalecimento da fé em Deus.  Quando uma pessoa quer mostrar a Deus o seu arrependimento ela faz como Samuel fez.

Deixa de comer por horas ou alguns dias em forma de sacrifício e abandono das práticas do pecado cometido. 

 5 E Samuel prosseguiu: “Reúnam todo o Israel em Mispá, e eu intercederei ao Senhor a favor de vocês”. 6 Quando eles se reuniram em Mispá, tiraram água e a derramaram perante o Senhor. Naquele dia jejuaram e ali disseram: “Temos pecado contra o Senhor”. E foi em Mispá que Samuel liderou os israelitas como juiz. (1° Samuel 7: 5-6)

O que é consagração?

Agora vamos entender o que é consagração um substantivo feminino que significa:

  • 1. Ato, processo ou efeito de consagrar(-se).
  • 2. RELIGIÃO: ação de dedicar(-se) a Deus ou a uma ou mais de uma divindade; dedicação, sagração.

Vemos aqui que a consagração é um ato de dedicação a Deus, então é por esta razão que muitas pessoas confundem ela com o Jejum. 

Na verdade, são práticas diferentes porque na consagração você não precisa se abster do alimento físico. A consagração consiste em dedicar tempo orando, meditando, cantando louvores e adorando a Deus. 

A consagração também quer dizer renúncia de outros afazeres, por exemplo, um bispo um monge é consagrado e vive na sua prática de adoração a Deus completamente. A diferença entre Jejum e consagração está na questão do alimento e também dos objetivos. 

Qual devo fazer mais?

Deus não quer sacrifícios que você não consegue cumprir, por exemplo, você não precisa se bater, se cortar ou fazer algo do tipo. No entanto, é recomendado que você faça Jejum e consagração para mostrar a Deus seu arrependimento. 

Aliás, Deus entregou o próprio filho para morrer na cruz e nos salvar do pecado. Então, agora podemos retribuir com algo mínimo que é um simples Jejum e consagração, pois, nada do que fazemos se compara com o sacrifício de Cristo. 

Artigo relacionado – Como se consagrar a Deus

Artigo relacionado – A História do Carnaval

Deixe um comentário