4 informações importantes para se atualizar sobre implante de cabelo

4 informações importantes para se atualizar sobre implante de cabelo

Você tem notado que os seus fios têm caído mais que o comum ultimamente e não consegue ver saída desse problema?

É comum que homens e mulheres percam de 100 a 200 fios por dia, mas normalmente eles sempre crescem de volta.

O problema é que quando isso não acontece, significa que o seu problema é maior do que imagina e pode estar acontecendo por vários motivos.

Para reverter esse quadro, muitas pessoas procuram especialistas em tratamentos para queda capilar, como o Dr. Júlio Yoshimura.

E em casos irreversíveis para tratamentos comuns, o melhor caminho é o implante capilar. Mas você já conhece esse procedimento? Continue a leitura e vamos te mostrar!

1 – O que é implante capilar

Antigamente, o implante capilar era aplicado por meio uma técnica que usava fios sintéticos nos lugares calvos.

Porém, esses fios não são mais usados atualmente por causa do risco de rejeição do organismo ao sintético, que é muito alto.

Por isso, atualmente, o implante capilar é feito com enxertos de cabelos naturais – sejam dos próprios pacientes ou de pessoas compatíveis.

2 – Tipos de implante capilar mais comuns

FUE: a sigla vem do Inglês e significa Extração Folicular Unitária e é considerada uma das técnicas mais avançadas de implante capilar.

A técnica acontece quando seus folículos capilares são extraídos e colocados nos locais com a calvície. Este procedimento não é livre de cicatrizes, mas os fios podem crescer por cima da cirurgia, fazendo com que seja um dos tratamentos mais eficazes.

FUT: essa sigla também vem do Inglês e significa Transplante de Unidade Folicular e foi criado em 1988.

Esse método remove uma tira linear de cabelos de determinada área (normalmente nuca ou lateral da cabeça). Logo depois, os fios são separados individualmente e implantados fio por fio no local sem cabelos.

3 – Para quem esse procedimento serve?

Muitas pessoas que enfrentam a calvície podem fazer o procedimento para que os cabelos voltem a crescer depois de um tempo, mas tendo resultados mais rápidos e naturais.

Isso acontece porque um especialista não retira simplesmente os fios de um local e passa para o outro sem preparação.

Na verdade, o local que vai receber os novos fios é preparado com hormônios de crescimento capilar, fazendo com que o implante capilar seja duradouro e tenha resultados positivos, mesmo depois de um tempo da cirurgia.

Apesar de muitos casos serem propícios para o implante capilar, a situação do seu couro cabeludo deve ser analisada por um especialista, evitando problemas no futuro e recorrendo ao procedimento correto para a queda dos fios.

4 – Como funciona o pós-operatório?

Apesar desse procedimento não ser muito complexo e de você sair no mesmo dia da cirurgia, é importante tomar cuidados no pós-operatório. Confira alguns:

  • Deixar o cabelo sem lavar por 1 dia ou 2;
  • Evitar algumas atividades físicas depois do implante por pelo menos 3 dias;
  • Evitar consumir bebidas alcoólicas e cigarro após os primeiros dias de cirurgia;
  • Não se exponha ao sol por pelo menos 6 semanas – nem o uso do mar, saunas e piscinas;
  • Use compressas geladas de água no couro cabeludo depois da operação para evitar inchaços comuns por conta do procedimento.

E aí, quer saber mais sobre o implante capilar? Deixe um comentário e vamos esclarecer as suas dúvidas.

Deixe um comentário